ISSN 1982-6621 On-line | ISSN 0102-4698 Impresso (até 2015)

ARTIGO – ENTRE A GINÁSTICA E O ESPORTE: EDUCAÇÃO DO CORPO E MANUTENÇÃO DA IDENTIDADE NAS SOCIEDADES GINÁSTICAS TEUTO-BRASILEIRAS

Dossiê Educação Saúde e Recreação

ARTIGO - ENTRE A GINÁSTICA E O ESPORTE: EDUCAÇÃO DO CORPO E MANUTENÇÃO DA IDENTIDADE NAS SOCIEDADES GINÁSTICAS TEUTO-BRASILEIRAS


ARTICLE - BETWEEN GYMNASTICS AND SPORT: EDUCATION OF THE BODY AND PRESERVATION OF IDENTITY IN GERMAN-BRAZILIAN GYMNASTICS SOCIETIES


EVELISE AMGARTEN QUITZAU – Universidad de la República (ISEF/Udelar), Instituto Superior de Educación Física, Paysandú, Uruguai


Clique aqui para baixar o artigo


RESUMO:

Entre meados do século XIX e fins da década de 1930 foram
criadas no Brasil numerosas sociedades ginásticas cujo principal objetivo
era, por meio de uma forma específica de educação do corpo, o Turnen,
contribuir para a formação das comunidades teuto-brasileiras e para a
manutenção de sua herança cultural em benefício do país que os acolhera.
A partir das primeiras décadas do século XX, entretanto, o esporte passa
a ganhar espaço entre essas sociedades e, como uma criação estrangeira,
é envolvido por discussões e questionamentos acerca de seus possíveis
benefícios educativos e higiênicos. Neste artigo, analisamos como ginástica
e esporte foram apropriados pelas sociedades ginásticas como elementos de
educação do corpo e manutenção identitária. Percebe-se que a resistência
inicial à inserção do esporte está mais vinculada à preservação da ginástica
como uma “herança” nacional alemã, e apresenta-se em diálogo com as
discussões que se davam sobre o tema na Alemanha.

Palavras-chave: História da ginástica. História do esporte. Imigração alemã.


ABSTRACT:

Numerous gymnastic societies were created in Brazil between
the mid-nineteenth century and the end of the 1930’s. Their main goal
was, to contribute to the formation of the German-Brazilian communities
and preservation of their cultural heritage in benefit of the country that
had welcomed them, through a specific form of body education, Turnen.
From the first decades of the XX century on, however, sports start to
gain some space in these societies and, as a foreign creation, is involved
in discussions and inquiries about their possible educational and hygienic
benefits. In this article we analyze how gymnastics and sports have been
appropriated by the gymnastic societies as elements of body education
and identity preservation. It is noted that the initial resistance to the sport
insertion is more connected to the preservation of gymnastic as a national
German “heritage” and it engages with the discussions on the theme that
were taking place in Germany

Keywords: History of gymnastic. History of sport. German immigration.


Recebido em: 11/30/2018 | Publicado em: 09/12/2019