ISSN 1982-6621 On-line | ISSN 0102-4698 Impresso (até 2015)

DEMOCRATIZAÇÃO E INCLUSÃO NA UNIVERSIDADE ARGENTINA: SEUS ALCANCES DURANTE OS GOVERNOS KIRCHNER (2003-2015)

Edição Atual

DEMOCRATIZAÇÃO E INCLUSÃO NA UNIVERSIDADE ARGENTINA: SEUS ALCANCES DURANTE OS GOVERNOS KIRCHNER (2003-2015)


DEMOCRATIZATION AND INCLUSION IN ARGENTINEAN UNIVERSITY: ITS SCOPE DURING THE KIRCHNER GOVERNMENTS (2003-2015)


DEMOCRATIZACIÓN E INCLUSIÓN EN LA UNIVERSIDAD ARGENTINA: SUS ALCANCES DURANTE LOS GOBIERNOS KIRCHNER (2003-2015)


Adriana Chiroleu
Universidad Nacional de Rosario (UNR), Rosario- Argentina

Clique aqui para baixar o artigo


RESUMO:

Na Argentina, durante os governos de Néstor e Cristina Kirchner (2003-2015), a ampliação das oportunidades no âmbito universitário ocupou um lugar central na agenda do governo. Neste trabalho, nos propusemos a explorar os alcances e limitações destas políticas inscritas na perspectiva teórica das noções de democratização e inclusão. As mesmas se traduzem opreracionalmente através da criação de novas instituições – principalmente as localizadas na região urbana de Buenos Aires – e diversos programas de apoio económico direto. Por meio destas vias aumenta a oferta educacional e melhora o acesso aos setores mais esquecidos, mas ao não articular-se com políticas que abordem de maneira completa o vínculo entre as variáveis socioeconônicas, institucionais e do mercado de trabalho tem somente um efeito limitado na redução das desigualdades sociais.

Palavras-chave: Universidade; Democratização; Inclusão; Argentina.


ABSTRACT:

In Argentina, during the administrations of Nestor and Cristina Kirchner (2003-2015), the expansion of opportunities in universities had a central place in government’s agenda. In this paper we intend to explore the scope and limitations of these policies analyzed from the theoretical perspective through democracy and inclusion notions. These policies were put into practice through creation of new institutions -especially those located in the suburbs of Buenos Aires- and direct financial aid programs. These strategies increase educational opportunities and improve its access to the most excluded sectors. Nevertheless, as they are not articulated with policies that address in a complex way the link between socio-economic, institutional and labor market variables, their impact in the reduction of social inequalities has a limited effect.

Keywords: University; Democratization; Inclusion; Argentina

RESUMEN:

Na Argentina, durante os governos de Néstor e Cristina Kirchner (2003-2015), a ampliação das oportunidades no âmbito universitário ocupou um lugar central na agenda do governo. Neste trabalho, nos propusemos a explorar os alcances e limitações destas políticas inscritas na perspectiva teórica das noções de democratização e inclusão. As mesmas se traduzem opreracionalmente através da criação de novas instituições – principalmente as localizadas na região urbana de Buenos Aires – e diversos programas de apoio económico direto. Por meio destas vias aumenta a oferta educacional e melhora o acesso aos setores mais esquecidos, mas ao não articular-se com políticas que abordem de maneira completa o vínculo entre as variáveis socioeconônicas, institucionais e do mercado de trabalho tem somente um efeito limitado na redução das desigualdades sociais.

Palabras Clave: Universidade; Democratização; Inclusão; Argentina


Recebido em: | Publicado em: