ISSN 1982-6621 On-line | ISSN 0102-4698 Impresso (até 2015)

MENINAS E MOÇAS CASADOURAS NOS PALCOS DE SÃO JOÃO DEL-REI – MG: A EDUCAÇÃO DAS SENSIBILIDADES NOS ESPETÁCULOS REALIZADOS PELO CLUB DRAMÁTICO ARTHUR AZEVEDO (1915-1916)

Artigo

MENINAS E MOÇAS CASADOURAS NOS PALCOS DE SÃO JOÃO DEL-REI - MG: A EDUCAÇÃO DAS SENSIBILIDADES NOS ESPETÁCULOS REALIZADOS PELO CLUB DRAMÁTICO ARTHUR AZEVEDO (1915-1916)


GIRLS AND MARRIAGEABLE YOUNG WOMEN IN STAGES OF SÃO JOÃO DEL REI - MG: EDUCATION OF THE SENSIBILITIES IN THEATER PERFORMANCES DONE BY THE CLUB DRAMÁTICO ARTHUR AZEVEDO (1915-1916)


CAROLINA MAFRA DE SÁ – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Curso de Licenciatura em Pedagogia, Garanhuns, PE, Brasil.

ANA MARIA DE OLIVEIRA GALVÃO – Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Educação, Belo Horizonte, MG, Brasil.


Clique aqui para baixar o artigo


RESUMO:

s elites locais, atuaram nas apresentações de um grupo de teatro
amador, apesar de a presença das mulheres nos palcos não ser vista com
bons olhos por grande parte das pessoas pertencentes a esses grupos sociais.
Com o objetivo de compreender a educação das sensibilidades que se deu
durante essas apresentações, analisamos as motivações do grupo amador ao
escolher as operetas apresentadas e ao distribuir os papéis às amadoras e
aos amadores. As fontes utilizadas foram recortes de jornais, programas de
espetáculos, manuscritos de operetas, livros que pertenceram ao Clube Teatral
Arthur Azevedo e ao amador Antônio Guerra. Observamos que as meninas
e moças casadouras exibiam seus dotes durante as apresentações, que se
configuravam como uma extensão da escola e dos salões. Reforçavam-se
sensibilidades hegemônicas, maneiras de qualificar o mundo, de compreender
e de experimentar as relações de gênero.

Palavras-chave: História da Educação das Sensibilidades, Gênero, História dos Espetáculos.


ABSTRACT:

In São João del Rei / MG, between 1915 and 1916, girls and
women, local elites daughters, acted in the performances of an amateur
theater group, although the presence of women on stage was not favorably
seen by most people belonging to these social groups. In order to understand
the education of sensibilities that occurred during these presentations, we
analyze the motivations of the amateur group in choosing the operettas
presented and distributing the roles to the actors. The sources used were
newspaper clippings, concert programs, operetta manuscripts, and books
that belonged to the Clube Teatral Arthur Azevedo and to the amateur Antonio
Guerra. We observed that girls and marriageable young women showed their
skills during the performances, which can be understood as an extension
of school and salons. They reinforced hegemonic sensibilities, ways of
qualifying the world, to understand and experience gender relations.

Keywords: History of Education of the sensitivities, Gender, history of spectacles.


Recebido em: 06/18/2018 | Publicado em: 08/01/2019